O que é que a Bélgica tem de bom? Se a primeira coisa que vem à mente é Tomorrowland, esses dois caras estão completamente inseridos e, se você curte EDM, você precisa conhecer: Marijn Heylen e Sam Bombeeck formam o projeto Double Pleasure e podem soar “novos” ao público brasileiro, mas tocaram nas duas edições do Tomorrowland Brasil e este ano estão, literalmente, voando!

Depois do sucesso de “Up’n Down” e de lançar o programa de rádio “Believe In Your Sound”, eles acabam de lançar a ótima “Hustle” (ouça no player abaixo), em meio a uma agenda de verão com cerca de 30 shows pela Europa, incluindo três (!) apresentações no Tomorrowland Bélgica e uma gig no novo Hi Ibiza, na festa de Armin van Buuren e Sunnery James & Ryan Marciano.

Batemos um papo com a dupla. Enquanto você leia abaixo, play na nova track dos caras…

Antes de qualquer outra pergunta, como foi o show de vocês no Tomorrowland Bélgica este ano?
Felizmente nós fizemos três shows no Tomorrowland Bélgica este ano: Mainstage, Sexy By Nature e The Gathering (festa de abertura para a galera do camping). É uma sensação indescritível. Como fizemos três sets no Tomorrowland nós queríamos dar para cada set as músicas certas. No Mainstage foi muito especial, nós demos o máximo de nós e pudemos mostrar ao mundo quem nós somos. Ficamos deslumbrados quando Sunnery James & Ryan Marciano nos convidaram pra tocar em seu palco Sexy By Nature. Nós realmente prestamos muita atenção nesses caras, porque eles permanecem fieis ao que fazem e isso é algo que nós admiramos. Por fim, tocamos também na festa The Gathering, na DreamVille do Tomorrowland. A energia é outra coisa. As pessoas chegam, instalam-se em suas barracas e vão para a festa! 25 mil pessoas indo à loucura e você pode sentir a alegria quando eles chegam ao festival.

Este verão parece estar sendo épico para vocês, incluindo um show em Ibiza com Armin van Buuren no novo Hi Ibiza. Contem pra nós sobre esta noite e os highlights desse verão europeu…
É sempre um sentimento bom quando sua música é apreciada por pessoas que você admira tanto quanto Armin van Buuren e Sunnery James & Ryan Marciano e tocar em um dos melhores clubs de Ibiza é incrível. Especialmente porque o club havia sido aberto há apenas um mês. Trazer a família e os amigos a esta noite tornou-a completa. Para nós todo o verão foi um único grande highlight, mas para citar alguns, vamos lá:
Boya Boya @ Tenerife (Espanha).
UR @ Hï Ibiza com Armin van Buuren e Sunnery James & Ryan Marciano.
Summerfestival Mainstage (Bélgica).
Fantasiafestival Mainstage (Bélgica).
Parookaville (Alemanha).
MainStage @ Tomorrowland (Bélgica).
The Gathering @ Tomorrowland (Bélgica).
Sexy By Nature stage @ Tomorrowland (Bélgica).
Unite With Tomorrowland @ Barcelona (Espanha).
Holi Color Festival @ La Plama (Espanha).
Wet Deck @ W-hotel Barcelona (Espanha).
Pacha @ Barcelona (Espanha).

Ok, agora vamos voltar ao começo… Como se deu a origem do projeto Double Pleasure?
Em nossos primeiros anos nós tocávamos sozinhos, no entanto sempre íamos à mesma loja comprar discos de vinil. E de cada 10 discos que ouvíamos, provavelmente 7 eram iguais. Nosso estilo musical já era o mesmo desde o início. Então a evolução lógica para nós foi tentar algo juntos. Nós crescemos no mesmo bairro, a partir daí passamos muito tempo juntos. Mas o nome “Double Pleasure” não foi decidido nos primeiros anos porque no começo nós apenas íamos juntos aos shows para os quais éramos contratados separadamente.

Vocês já fizeram um show de abertura para o Avicii. Eu posso imaginar que ele é uma influência para o trabalho de vocês, certo?
Definitivamente certo, a coisa que mais admiramos no Avicii foi que ele sempre se apegou ao seu próprio estilo. Ele foi criativo em seu próprio caminho. Você pode dizer que ele mudou muito a cena musical. Nós fizemos um set de abertura em seu maior show indoor na Europa para a turnê do álbum “True”, antes de Oliver Heldens, que havia acabado de lançar seu hit “Gecko”. Para nós, que tocamos pela primeira vez para mais de 10 mil pessoas, você pode imaginar que foi uma das experiências mais únicas que tivemos.

Seu novo single  “Hustle” é uma bomba! Mas eu acabei de ver que a faixa ainda está crescendo no Spotify em audiência, certo? Qual é o plano para repetir o sucesso de “Tucan”?
“Hustle” é mais uma faixa típica de clubs, então para nós é mais importante que ela funcione nas festas, ao vivo, nos clubs. Obter o apoio de Dannic, Sunnery James & Ryan Marciano, Gregor Salto, Ummet Ozcan e muitos outros grandes DJs é nosso principal objetivo para que os plays cresçam à medida que eles toquem em seus sets. Cada faixa levanta a outra e esta é a cadeia de sucesso que pensamos.

Uma pergunta com um toque belga: como a força do Tomorrowland reverbera na cena de música eletrônica do país? Há muitos clubs, festas e festivais por aí?
Absolutamente. O Tomorrowland inspira muitos festivais durante o verão na Bélgica! Nós temos muitos festivais bons por aqui, mas todos eles proporcionam uma vibe única. Alguns mais voltados para o House, outros mais voltados para o EDM… Mas superar o Tomorrowland é impossível.

20294523_1421697041200339_4134024296725221748_n

Ano passado vocês tocaram no palco principal do Tomorrowland Brasil. Que tal?
Sim, pra nós foi a primeira vez que tocamos em um palco principal de Tomorrowland e fazer isso no Brasil tornou tudo ainda mais espetacular. Tivemos o espaço ideal para o nosso tipo de música, o pôr do sol nos deixou sentir o calor brasileiro e quando o sol se pôs, nós pudemos encerrar nosso set com um momento verdadeiramente emocionante, encerrando com chave de ouro. Também vimos muitos rostos felizes de brasileiros na pista durante nosso set. Foi muito divertido pra nós perceber que vocês curtiram nosso som!

15230731_1187912927912086_6128540628311038941_n

Quando vocês voltarão à América do Sul? E, em tempo, que outras novidades o público pode esperar para os próximos meses?
Estaremos de volta em breve. Há algumas datas confirmadas em Janeiro mas serão anunciadas em breve em nossas redes sociais e talvez nós passemos nosso Réveillon em solo brasileiro. Quem sabe!